Saturday, June 23, 2007

ACIL empossa 29 Membros Correspondentes e o Membro Honorário José Carlos Ligiéro

A Solenidade de Posse ocorreu no dia 22 de junho de 2007, às 18h, no Salão da Câmara Municipal de Itaperuna. Foi uma festa belíssima!
A Mesa de Cerimônia com os Membros da ACIL- Academia Itaperunense de Letras







Entrada solene da ACL- Academia Calçadense de Letras

Execução do Hino Nacional pelos alunos do Colégio Estadual Lions


Na tribuna, os Membros Correspondentes da ACIL:
Escritor Cláudio de Souza Soares, Poeta Antônio Roberto Fernandes, Membro da Academia Campista de Letras, Membro da Academia Fidelense de Letras e Escritor Hélio Consolaro, Presidente da Academia Araçatubense de Letras.

Poetisa Dilma Rocha de Athayde, Membro Correspondente da Academia de Letras Rio – Cidade Maravilhosa, Poeta Luís Antônio Cardoso Membro do Clube de Poetas Capixabas-ES, Membro da Academia Taubateana de Letras e Almir Pinto de Azevedo, Presidente da Academia de Letras e Artes de Cambuci.



Neumar de Abreu Monteiro, Dra. Thelma B. Oliveira e demais Membros Correspondentes

Dra. Thelma B. Oliveira e demais Membros Correspondentes.

Dr. Kleber Leite, Presidente da Academia Itaocarense de Letras e Poetisa Joana D’Agustini, Membro da Academia Calçadense de Letras.

Dr. Kleber Leite, Presidente da Academia Itaocarense de Letras; Poetisa Joana D’Agustini, Membro da Academia Calçadense de Letras; Edson Lobo, Presidente da Academia Calçadense de Letras.

Membro Honorário Maestro José Carlos Ligiéro


Assinatura do Livro de Posse e entrega dos Diplomas aos novos Membros da ACIL










Discurso de saudação da ACIL aos novos Membros pelo Acadêmico Maurício Cardoso Faria

Discurso de saudação, em nome dos Membros Empossados pela Profª. Drª. Arlete Parrilha Sendra, Acadêmica, Pós-Doutora em Semiótica , Professora Titular da UENF.


Membros da Academia Juvenil de Letras do Educo


Autoridades presentes e convidados ilustres
Desembargador Dr. Pedro Ligiéro

Dr. José Carlos Martins,Presidente da FSJ- Fundação Educacional e Cultural São José; Diretor do Rotary Clube- Joaquim Mendes Martins; representante da Secretaria Municipal de Educação; Rosângela de Souza, Diretora do Departamento de Cultura do Município; Angelique Damadá, Proprietária da Editora e Gráfica Damadá e da Cia de Arte Damadá. Comandante do 29º BPM Tenente Coronel Jorge Romeu Pereira; ex-prefeito Cláudio Gouveia Goulart; Coordenador do Centro de Referência de Assistência Social, Adilson Ribeiro.






Momento de Arte
Mestre de cerimônia Acadêmica Jurema Coutinho Braga.

Tema:”Além da Terra, além do Céu, num arco-íris de estrelas poéticas, a suavidade da música elevando as almas.”

Joaquim Gomes Dutra Junior- Dois minuetos de Johann Sebastian Bach e Gestrudes, de Beethoven.


Rafael Junklaos Machado- 3 aninhos
Escala contrário do dó maior- arpejo dó maior a quatro mãos com a professora Conceição de Maria, Diretora da Escola de Música Santa Cecília- A Valsa de Vovó de Mascarenhas


Biografia do Maestro e fotógrafo José Carlos Ligiéro apresentado por Angelique Damadá.

Homenagem da ACIL ao Maestro José Carlos Ligiéro.


Acadêmica Flora Malta Carpi entrega placa ao homenageado.

Encontro da Poesia com a música.
Cantora Terezinha Rangel

Música: Voltei

Interpretação: Terezinha Rangel

Melodia: José Carlos Ligiéro

Letra: Neli Therezinha

Teclado: Chiquinho


ANTÍTESE

Sou forte como Hércules,

Sou rijo como a rocha

E frio como o ferro.

Mas...

Meu coração é frágil

Como pétala de rosa,

Abriga toda a dor do mundo

E se emociona a cada amanhecer

– Meu coração é a verdade

Que não sou. (Poeta-Edson Lobo –Membro Correspondente e Presidente da Academia Calçadense de Letras.


POR QUE A VIDA

Nascemos como nascem as belas flores

Vagamos como a ave em seu ninho vaga

Bebemos no mesmo riso em que afaga

Sonhamos os mesmos sonhos e os amores! (Poetisa-Joana D’Agustini-Membro Correpondente e Membro da Academia Calçadense de Letras).


NÃO TE ESQUEÇO

Espero te amar como mereces,

Pois sei como padeces,

Mas que fazer com este coração

Que claudica, mas não te esquece. (Poeta- Dr. Almir Pinto de Azevedo- Membro Correspondente e Presidente da Academia de Letras e Artes de Cambuci.
Cantora Nelma Pinto

Música: Modo de ser

Interpretação: Nelma Pinto

Melodia: José Carlos Ligiéro

Letra: Paulo Matos

Teclado: Chiquinho


CASTELO DE SONHOS

Ah! Doce sonho de poeta!

Pudesse sufocar a mágoa

Que queima e me crucia!

Se não há no mundo esta

Humana alegria,

Tento erguer no ar

Meu castelo de sonhos! (Poetisa- Nísia de Campos Teixeira- Membro Correspondente e Presidente da Instituto de Letras e Artes Dr. José Ronaldo do Canto Cirilo-Bom Jesus do Itabapoana.


A CRIAÇÃO DA MULHER

O homem achando tão bela a criação

solicitou a Deus que colocasse estrelas na Terra

Para iluminarem as noites turbulentas

E comandarem juntamente com ele,

O novo mundo que surgia...

...e eis que Deus.

Inspirado nas estrelas e nos homens,

Esculpiu a maior das obras de arte: a mulher! (Poeta- Luís Antônio Cardoso –Membro Correspondente- Membro do Clube de Poetas Capixabas-ES)


ANÚNCIO CLASSIFICADO

Poeta de idade média, ou melhor, de média idade

Que crê que ainda exista amor e sinceridade,

De estatura mediana e regular aparência,

Mostrando de vez em quando vestígios de inteligência.

(...)

Seu tratamento, porém, não é para qualquer cliente.

Só pra quem ri com tristeza ou chora quando contente.

Só pra quem guarda nos olhos todas as luzes do céu,

Envolve a pele com seda e pinta os lábios de mel.

Só pra quem tem no sorriso a manhã de um novo dia

E quando passa na rua toda a cidade assovia.

Quem descobrir este anúncio e uma análise fizer,

Verá que esta cliente é somente...uma mulher. (Poeta- Antônio Roberto Fernandes-Membro Correspondente- Membro da Academia Fidelense de Letras- Membro da Academia Campista de Letras)
Saxofonista: Lucas



Música: Serenata em fá- solo

Saxofonista: Lucas

Melodia: José Carlos Ligiéro


Música: Prelúdio em dó menor- solo

Melodia: José Carlos Ligiéro

Piano: Mariana Bastos


INSÕNIA

(...)

Então peço a Deus que cante para mim,

Uma canção que me faça dormir.

Não peço bons sonhos,

Pois já nem sei como sonhar.


Quero apenas dormir,

Mesmo que eu não tenha

Nunca mais o direito de acordar. (Poetisa-Dilma Rocha de Athayde-Membro Correspondente- Membro Correspondente da Academia de Letras Rio – Cidade Maravilhosa.)


APELO

(...)

Vem amor,

A vida nos espera.

Esqueça das tristezas nesta hora bela,

E sinta o perfune

Da manhã bonita.

Deixa sua mão

Entrelaçar a minha.

Vamos desfolhar

Os bem-me-queres da vida

E gritar ao mundo

O nosso amor. (Poetisa- Neumar Monteiro da Silveira- Membro Correspondente-Membro da Academia Bonjesuense de Letras)


TRECHO DE UMA PROSA POÉTICA “Fracassamos! Quem protegerá nossas crianças?

(...)

Quando gritarem por Caim, quem de nós não virará a cabeça e atenderá ao chamado? Quem não se sentirá culpado pela dor do próximo? É preciso ter muita coragem para não ser devorado por essa “Esfinge’”.

Quem de nós arriscará uma resposta ao enigma que se impõe?

Quem protegerá nossas crianças?

Quem protegerá nossas crianças de nós mesmos? (Escritor- Cláudio de Souza Soares- Membro Correspondente- Criou e escreve para o blog A Última Biblioteca.)
Renê Zanelli


Música: Serenata de Schübert solo

Violinista: Renê Zanelli

Melodia: Schübert, Franz Peter (1797-1828) - Áustria


Música: Granada

Violinista: Renê Zanelli

Melodia: Leocana


PROSA POÉTICA-LUTAR COM PALAVRAS

(...)

O sertão é de João, e tudo que nele existe: o gavião, o pequizeiro, a seriema, o urutu, a jibóia, o rio e suas margens, a canoa, o menino, a faca. O gostar, o querer-bem, o odiar. A morte. A casa, a primeira lição, a moça, a noite. O buriti. As veredas. E as estrelas. (Escritora- Dr. Thelma B.Oliveira – Membro Correspondente- Graduada em Medicina. Membro da Sociedade Brasileira de Pediatria).



PROSA POÉTICA - DERRUBEMOS CERCAS

(...)

É verdade, as palavras lâmina cortam, ferem, enlouquecem nosso espírito, mas considera o perdão mais forte que tudo isso. É só nos colocarmos ao rés do chão, onde sempre deveríamos estar. Se meu amigo errou, se minha namorada ultrapassou, quem sou eu para julgá-los, pois meus erros são piores.

Derrubemos as cercas do ódio! ( Escritor Hélio Consolaro - Membro Correspondente - Presidente da Academia Araçatubense de Letras)


PROSA JORNALÍSTICA - TRIBUTO AO TALENTO

(...)

O autor de Monções Líricas reservou-nos um presente natalino ao comemorar seus 50 anos de vida, espargindo talento com a edição de uma viagem. A viagem tem seu início passando a descortinar cenários tão intimamente ligados a nós sendo o trem, o único meio de locomoção na época.(...) ( Escritor, Jornalista Dr. Sebastião Kleber da Rocha Leite – Membro Correspondente – Presidente da Academia Itaocarense de Letras)


PROSA POÉTICA – DO ECLIPSE DE ADÃO À SURGÊNCIA DO METRO UBERSSEXUAL

(...)

A palavra, ainda que sempre incompleta, liberta quem a diz. Ela penetra na realidade, não só na realidade poética que é, mas na que não existe também. E abarca o ser e o não ser. E confere a ambos os mesmos direitos. Penetra no nada e registra este nada. Mergulha na dor e dá nome ao seu rosto. (...) (Escritora Arlete Parrilha Sendra – Membro Correspondente – Pós- doutorada em Letras pela Universidade de Salamanca- Presidenta da Academia Campista de Letras)


PROSA LITERÁRIA – COM LICENÇA, SENHORITAS

(...)

Com licença senhoritas. Com licença, Aurélias, Helenas e Zumiras. Com licença, porque preciso destes vinte minutos fingidos e alugados para tratar das outras...Daquelas. E ter com elas a ilusão e o fascínio... ( Escritor – Pof. Dr. Wander Lourenço – Membro Correspondente – Mestrado: Literatura Brasileira – Universidade Federal Fluminense)

Coquetel

Agradecimento ao Apoio Cultural da Prefeitura Municipal de Itaperuna, à Cia de Arte Damadá, ao Damadá Artes Gráfica e Editora, ao Sabor e Arte e a Floricultura Flores Naturais.
Agradecemos a presença de todos por terem tornado nossa reunião mais brilhante e por terem nos proporcionado ótimos momentos de companheirismo e fraternidade.

4 Comments:

Blogger Pedro Morgado said...

Estive a ver um vídeos do Lenny e ele é mesmo craque. Espero que brilhe neste estádio fabuloso.

9:36 AM  
Blogger Chris Herrmann said...

Que cerimônia bonita, bem organizada e rica em sensibilidade e respeito à arte. Gostaria de ter estado presente, mas já fico feliz em poder acompanhar através dessa maravilhosa página na internet.
Parabéns a todos da Academia Itaperunense de Letras e, em especial, minha grande amiga Luciana Pires Pessanha.
Chris

2:21 PM  
Anonymous virgínia said...

Parabéns sinceros a todos os membros e ouvintes,que haja
mais eventos deste porte,
integração,congraçamento com
as Artes ecoando intensas e
harmoniosas sintonias de
AMOR 'a vida.
Grata Luciana !
abraço ati e todos,
da amiga e apreciadora
de sempre,
virgínia além mar

8:46 AM  
Blogger Jose Magno said...

Belíssima festa!!!
Parabéns Luciana, por seu espírito empreendedor para a divulgação da literatura. A Arte itaperunense tem em você uma guerreira maravilhosa.
Parabéns a todos os amigos das letras de Itaperuna.

11:59 AM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home