Wednesday, September 27, 2006

15 anos da ACademia Itaperunense de Letras







Dia 23 de setembro a Academia Itaperunense de Letras comemorou seus 15 anos numa solenidade no Itaperuna Tênis Clube, às 20h. Na ocasião recebeu a honrosa visita do Professor Dr. Pedro Lyra.
Nas fotos acima, algumas imagens do Momento de Arte e da confraternização entre os membros.

.............

"
Academia Itaperunense de Letras comemora 15º aniversário
A Academia Itaperunense de Letras (ACIL) comemorou, no último dia 23, seu Jubileu de Cristal (15 anos). O evento aconteceu no Itaperuna Tênis Clube. Na festa, alguns dos membros da ACIL declamaram poemas, cantaram e contaram a história da Academia.
A comemoração também serviu para que as academias juvenis de Letras do Colégio Santos Dumont e da Escola de Aplicação da Fundação São José tomassem posse. A iniciativa faz parte do projeto “Academia vai à escola”, organizada pela ACIL.
Durante a celebração, a acadêmica Abia Dias cantou clássicos da música brasileira dos anos 60 e 70. Houve também uma valsa simbólica, dançada por um dos acadêmicos e sua filha.
O presidente da instituição, Valber Meireles, discursou sobre o aniversário da Academia. “Comemorar 15 anos da nossa Academia é uma marca muito especial, já que somos verdadeiros desbravadores da cultura local. Já conquistamos muito, mas há muito mais pela frente”, disse.
Meireles comentou também sobre a Plaqueta Literária, iniciativa criada pela Academia Itaperunense de Letras. “A Plaqueta serve para ajudar àqueles autores que não têm condições de editar livros. É um livreto que nós mesmos editamos, com cerca de 12 poemas ou contos, que servem para divulgar os trabalhos dos Acadêmicos”, comentou.
O professor e escritor Maurício Cardoso, ex-presidente da ACIL, discursou sobre a importância da Academia Itaperunense de Letras em sua vida. “Há 14 anos deixei minha linda Niterói e vim viver uma nova etapa da vida em Itaperuna, e não me arrependo em nada. Ser um ‘imortal' da cidade é um honra indescritível”, emocionou-se. Cardoso complementa. “A Academia é um marco na cultura da cidade, e é uma pena que não seja tão conhecida. Temos que ter mais iniciativa, fazer parcerias com a imprensa local para ajudar na divulgação da ACIL”.
Impressões (por Alciléia Gama e Esther Alferino, 2º período de Jornalismo)

“Eu deixei de estudar para uma prova de Física para estar no evento, pois acho que é um incentivo à cultura em Itaperuna. Eu tanto aprecio que faço parte de um grupo de pessoas que reúnem-se para declamar poesia na casa dos amigos, geralmente na do Sérgio Estácio”.
Elizabeth Diniz, 42 anos
“O evento foi maravilhoso. A Academia Itaperunense de Letras preserva a cultura e valoriza os poetas locais. Nós, da prefeitura, a pessoa mesma do prefeito Jair Bittencourt temos como prioridade neste momento incentivar ainda mais a Academia de Letras Itaperunense, inclusive cedendo um espaço para que seja construída uma sede”.
Rejane Travassos, de 42 anos, Assessora do Departamento de Cultura de Itaperuna
“A Academia de Letras Itaperunese conta com membros itinerantes. Que reúnem-se na casa de amigos, na maioria das vezes na casa da Flora Malta Carpi, que também é membro da Academia. Nós guardamos a fé em que a nossa sede seja feita o mais rápido possível, afinal a Academia completou neste último fim de semana 15 anos de existência. É lamentável a ausência de autoridades no evento, que é de uma grande cultura e tão importante para todos.”
Ábia Dias, de 46 anos, professora "

Eduardo Fettermann – 6º período de Jornalismo das FIPH

0 Comments:

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home