Sunday, June 11, 2006

Estar enamorado




Estar enamorado é franquear portas, emergir,desfazer placidez, destruir certas reminiscências. É ir tateando, ganhando ruas, produzindo metáforas. É legitimar pluralidades.Amar é encantar os rios que correm, retirar os véus que envolvem as emoções, é deixar as almas se entenderem. nada de gestos truncados, poentes enegrecidos, almas desterradas. O amor nos faz renascer.Quando amamos descobrimos o além do sonho, soletramos estrelas, viramos a chave, somos muito mais que raízes. Somos páginas libertas, semente. Aguçamos asas, rabiscamos oceanos, temos luminosas perpectivas.Estar enamorado é viver, adejar pelo infinito. É fazer brilhar a lua no céu. Retirar do seio aromas. É sentir tudo. Exprimir harmonias.Quem ama gosta de nascimentos, de pétalas. É nuvem leve. Gosta de ousadias. Pesquisa, espreita e esquadrinha o seu amor. Leva o seu coração para a praça e faz dele uma ata romana.Estar enamorado é apreciar manhãs claras, flautas, sementeiras. É ter a intenção de procurá-las, de percebê-las. É pulsar e se apurar amor.(Luciana Pessanha Pires)

1 Comments:

Anonymous Thá Trugílio said...

"Quem ama gosta de nascimentos, de pétalas. É nuvem leve. Gosta de ousadias.".
Que lindo!
Eu bem que gostaria de me sentir nuvem... mas sou metal. Mesmo quando amo.
Beijos

8:49 AM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home